Menu

Reportagens

Moda, Mulheres e Determinação

Fernanda Comerlato conta porque escolheu Caxias do Sul para comercializar duas das marcas de sapatos, bolsas e acessórios mais importantes do Brasil

As mulheres na maioria das vezes precisam trabalhar o dobro ou mais para conseguir com que a qualidade do seu trabalho seja percebida. Chegar a um cargo de chefia e/ou empreender é uma satisfação inenarrável, pois somos todas tão capazes quanto os homens Loja Loucos & Santos Caxias do Sul (RS)

À frente da cobiçada Jorge Bischoff e da descolada Loucos & Santos, ambas lojas localizadas no shopping Iguatemi de Caxias do Sul (RS), a empresária Fernanda Comerlato conversou com a revista NOI sobre negócios de moda e mulheres no comando. Responsável por atender a dois públicos femininos distintos, alcançando mulheres de diversas faixas etárias e estilos, Fernanda levou os produtos das marcas muito além de Caxias do Sul. “Temos clientes de Flores da Cunha, Antônio Prado, Farroupilha, Garibaldi, Veranópolis, Nova Prata, Nova Petrópolis, Gramado, Canela, Vale Real, Feliz, Carlos Barbosa, Bento Goncalves, São Marcos, Lajeado, Teutônia e Guaporé”, orgulha-se a business woman. A seguir ela conta alguns segredos do sucesso de seus negócios.

NOI: Por que você escolheu Caxias do Sul para implementar as vendas das marcas Jorge Bischoff e Loucos & Santos?

Fernanda Comerlato: Caxias do Sul é um importante polo econômico e uma região estratégica para as marcas do Bischoff Group. É a maior cidade da Serra Gaúcha e uma das mais expressivas do Rio Grande do Sul, por isso do interesse em expandir Jorge Bischoff e Loucos & Santos aqui. Eu investi nestes negócios de moda por que moro na cidade e eles representam uma oportunidade bastante rentável. A loja Jorge Bischoff foi inaugurada em Caxias do Sul em 2011 e eu assumi esta franquia em 2013. Dois anos depois, em 2015, abri a primeira loja exclusiva Loucos & Santos. Os produtos das duas marcas têm ótima aceitação com as consumidoras da região. As coleções são amplas e contemplam opções para os mais variados momentos e estilos de mulher. Como franqueados, podemos ajustar o mix de acordo com a necessidade e preferência das nossas clientes, analisando conjuntamente com a Franqueadora (estoque, produtos e numerações que mais vendem). Isso nos permite fazer as escolhas mais assertivas.

Por que trabalhar com duas marcas que, teoricamente, competem?

Apesar de as duas marcas trabalharem com sapatos, bolsas e acessórios, percebo que elas atendem a públicos bem distintos. As consumidoras da Jorge Bischoff são clássicas, tem estilo exuberante, prezam pela exclusividade e produtos com riqueza de detalhes. A grife é associada à elegância, sofisticação, poder e feminilidade, o reflete a personalidade de suas consumidoras. Já a Loucos & Santos representa o lifestyle trendy funny, valorizando a atitude divertida com informação de moda. As adeptas desta marca são descoladas e informais e usam a moda para expressar sua identidade. Os produtos Loucos & Santos se destacam pela sintonia com as tendências de moda com um custo acessível. Ou seja, tenho o poder de atender plenamente ambos os públicos.

Os produtos Jorge Bischoff tem um valor agregado relativamente alto. Como o público percebe esta questão?

A mulher que usa Jorge Bischoff aspira, fundamentalmente, evidenciar sua feminilidade com elegância e exuberância. Seja destacando-se pelo estilo clássico ou pelo gosto sofisticado, é um público que valoriza o glamour e o refinamento do design, referências sempre presentes nos produtos da grife. As criações com a assinatura de Jorge Bischoff são objeto de desejo entre as suas consumidoras apaixonadas, que se identificam com o produto, com o designer e com a história. Traduzindo suas consumidoras de personalidade marcante, são produtos que alimentam a alma e a autoestima feminina!

Como foi o comportamento da empresa nos últimos dois anos (com o Brasil enfrentando uma severa crise econômica)?

Em Caxias, tivemos uma pequena retração em 2016. Porém, neste ano de 2017, com boas estratégias de negócios, vamos ter crescimento em ambas. A Loucos & Santos, inclusive, está nos primeiros lugares do ranking de lojas da rede, com um expressivo resultado.

Qual o segredo para que um empresário consiga crescer em um contexto de instabilidade, como você?

É importante que franqueado, franqueadora, fábrica e equipe em loja estejam muito bem alinhados. É como se fossem engrenagens que trabalham simultaneamente para alcançar resultados e superar as metas traçadas. Somos todos “peças que estão ligadas” em busca do mesmo objetivo. Se nos deixarmos levar pela maré de crise, instabilidade ou nos contagiarmos com o pessimismo alheio, realmente tudo ficará muito difícil. O pensamento positivo e a garra de querer fazer as coisas darem certo fazem parte da nossa rotina.

Como você se sente como mulher empresária em uma região de cultura relativamente machista?

Realizada! A cultura machista infelizmente predomina em todos os cantos do planeta e no Rio Grande do Sul ainda pesa muito, principalmente no ambiente coorporativo. As mulheres são constantemente afrontadas, questionadas sobre seu profissionalismo e, na maioria das vezes, precisam trabalhar o dobro ou mais para conseguir com que a qualidade do seu trabalho seja percebida. Chegar a um cargo de chefia e/ou empreender é uma satisfação inenarrável, pois somos todas tão capazes quanto os homens. 

TRAJETÓRIA: Fernanda Comerlato nasceu em 23 de novembro de 1988 em Toledo/PR. A empresária tem formação em Biologia. “Embora tenha estudado biologia minha carreira varejista estava no sangue. Trabalhei durante 7 anos com a minha mãe, em Toledo, em uma de suas lojas. Ela tem uma carreira sólida no comércio local e isso também me influenciou e instigou meu interesse”, conta. “Abri a minha própria loja no Paraná e depois surgiu a oportunidade de vir para Caxias do Sul, como alternativa a Porto Alegre. Caxias do Sul é uma cidade grande e chama atenção em diversos aspectos, tanto pelos pontos turísticos em que mantém a história e a tradição italiana, quanto pelas novas coletividades emergentes. É uma cidade que cresceu tanto em tamanho quanto em cultura, então acredito que seja um excelente local para expansão de negócios”, avalia. “Aqui conseguimos ter um ótimo resultado de fidelização das clientes e desenvolver uma relação mais próxima com a maioria delas”, conclui a empreendedora.