Menu

Reportagens

Evento! Você Sabe Por Onde Começar?

Grupo de empreendedores une forças com CDL Caxias do Sul para lançar o primeiro núcleo setorial da entidade, o HUB de eventos

"O projeto está sendo executado pela Orgânica Digital, a partir do briefing bem elaborado pelos quatro gestores do HUB (Sidnei Staudt, Daniela Rizzi, Gabriele Piccoli e eu, Zeli Dambros) e pelo Departamento de Marketing da CDL" (Foto: Fábio Grison)

Você precisa planejar um evento e não sabe o que fazer primeiro, por último, ou sequer onde começar a procurar fornecedores de confiança? A partir de agora o Primeiro HUB de Eventos da CDL (www.hubdeeventoscdlcaxias.com.br), formado por 67 empresas do segmento, deverá facilitar a sua vida! O grupo é formado por empresas referência do setor que se uniram com o objetivo de qualificar e fortalecer o mercado de eventos em Caxias do Sul.

“Eu não imaginava que um setor tão qualificado, com tantas  empresas referências, não tivesse uma associação por trás. Por ter trabalhado 18 anos em uma multinacional cheia de regras, procedimentos e controle... isso me chocou um pouco”, relata Zeli Dambros, empresária caxiense diretora da Affitti Locações de Matérias para Eventos, uma das idealizadoras da iniciativa. “Mas agora estou feliz e orgulhosa. No ano em que minha empresa completa uma década de atividades, essa realidade está mudando! O projeto foi e está sendo um trabalho de várias mãos, pessoas, empresas e entidades que acreditaram na proposta. A palavra que resume tudo é gratidão!”, celebra.

A NOI convidou Zeli para falar sobre o HUB! Acompanhe.

Como funcionará a plataforma?

Ela foi desenvolvida especialmente para o HUB. Pensada para auxiliar qualquer pessoa, física ou jurídica, que precise de orientação para realizar um evento. Nela, constam todos os fornecedores associados ao HUB, com suas funções e características. Para fazer parte, é necessário se associar à CDL.

Quem será o administrador da plataforma? 

A Orgânica Digital segue dando suporte, e a CDL também tem o domínio, porém cada associado é responsável por sua página e por responder às demandas que lhe forem solicitadas.

De onde surgiu a ideia?

A ideia de unir o setor e tentar fomentar os eventos em Caxias do Sul, especialmente no período do inverno, surgiu de uma conversa minha com o Rafael Cirílo, gerente do Hotel Intercity na época. Fiquei com a tarefa de buscar as empresas da área e convidar para um primeiro encontro. A partir daí foram várias reuniões desde alinhamento estratégico com auxílio do SEBRAE, até a escolha de uma entidade para nos auxiliar na qualificação e desenvolvimento do projeto. A CDL, por sua vez, tinha como objetivo formar grupos setoriais e nos abraçou com toda sua estrutura e conhecimento. A partir daí, foram vários encontros e treinamentos, até a data do lançamento.

Quais são as referências do projeto?
Não há referência, até onde tenho conhecimento é um projeto inédito nesse formato.

Quem está executando?
A Orgânica Digital, a partir do briefing bem elaborado pelos quatro gestores do HUB (Sidnei Staudt, Daniela Rizzi, Gabriele Piccoli e eu, Zeli Dambros) e pelo Departamento de Marketing da CDL.

De que forma empresas que são concorrentes podem se beneficiar dessa ação conjunta?

Nosso estatuto rege que anualmente será aberta entrada de novos sócios, desde que se encaixem nas regras estabelecidas. É necessário entrar em contato com o Departamento de vendas da CDL.

De que forma a iniciativa deve impactar nos negócios do segmento?
Em primeiro lugar facilitando a vida do usuário, aquele que precisa fazer um evento e não sabe por onde começar, vai encontrar em um só lugar fornecedores de todas as áreas e  a  segurança de empresas sérias e qualificadas, que podem prestar um serviço de excelência. Para os associados, a vantagem será o crescimento, a força conjunta e a união, algo que faltava no setor. Nossa meta para 5 anos, é um incremento de 15% nas vendas do serviços dos associados do Hub.

Quais são os fatores determinantes hoje para o cliente escolher o fornecedor do segmento de eventos?
Primeiro a segurança. Sabe-se que tem muitas empresas trabalhando na informalidade, algumas não cumprindo o prometido. Segundo a qualidade dos serviços oferecidos. Muito importante que o cliente busque o histórico do seu fornecedor.

Qual a expectativa de acessos à plataforma?

É tudo muito novo pra nós, mas temos a certeza que estamos no caminho e que a plataforma vai nos trazer muitos negócios, inclusive eventos que hoje acontecem na região porque não encontram estrutura organizada em Caxias do Sul. Ex: convenções e congressos vindo dos grandes centros, passando por Caxias e seguindo para Bento, Gramado e Canela, por exemplo. Não queremos competir, queremos uma fatia.



ENTREVISTA I CAROLINE PIEROSAN I FOTO I ZELI DAMBROS - DIVULGAÇÃO

 

www.hubdeeventoscdlcaxias.com.br I hubdeeventos@cdlcaxias.com.br