Menu

Moda

Moda Inclusiva

MODELS.INC: Modelos para todos


Greice Leite ministra cursos, palestras e workshops para mulheres de todas as idades

Beleza, disciplina, técnica e atitude, além de muita pesquisa, são a base formadora de Greice Leite, que atua como modelo profissional há quase 20 anos. A reconhecida modelo de moda e publicidade decidiu tornar-se empreendedora do segmento fashion, lançando, em 2017, sua agência própria, a Models.inc Agency (www.modelsinc.agency). “Nestes anos de experiência e aprendizado, percebi que seria importante passar meu legado adiante. Por isso compus a agência, com uma proposta inovadora de relacionar modelos para o mercado de moda publicitário”, explica. “Nosso casting comporta perfis diferenciados. Trabalhamos com modelos e atores de diversas faixas etáreas, etnias, características, etc.”, explica Greice.  Ela conversou com a revista NOI sobre os atuais movimentos no universo fashion.  

Por que você acha importante abordar conceitos de moda com pessoas de diferentes faixas etárias?

Greice Leite: A moda há muito tempo se distancia de padrões inatingíveis e caminha ao encontro do real. Em função disso, é necessário que as agências tragam mais opções aos clientes, para que eles possam atingir o público que desejam. Um público que se identifica com os modelos. Acredito que atitude é o principal neste segmento. Grandes modelos não atingiam certos padrões mas conquistaram seu espaço com talento, técnica, persistência e disciplina. O que buscamos são pessoas comprometidas, com perfis diferenciados em todas as faixas etáreas.

Pode-se dizer que você articula um “casting inclusivo”?

Nosso casting conta com modelos com perfis que atendem muito bem o mercado de moda e publicitário (com medidas específicas, por exemplo) mas também temos o setor de elenco, plus size, atores e crianças. Sobre a Publicidade Inclusiva, penso que é uma forma de dizer que as pessoas que nascem com síndromes merecem ser tratadas da mesma forma que qualquer outra pessoa, que é hora de buscarmos maneiras criativas de ajudar a promover a inclusão, não a exclusão.  Por isso avalio, seleciono e apresento a todos da mesma forma.

Por que você quis se tornar empresária do segmento?

Nos meus quase 20 anos de trajetória (apesar de ter trabalhado com agências muito sérias e competentes), senti falta de alguns direcionamentos, além de ouvir muito a insatisfação de alguns clientes com o atendimento e suporte que as agências, de um modo geral, ofereciam. As reclamações eram em relação ao despreparo dos modelos, por exemplo. Por isso decidi me dedicar a executar estes treinamentos.  A idéia é que todas as modelos da minha agência passem pelo curso de formação e que estejam em constante evolução.

Quais são os temas dos seus workshops?

Trabalhamos com crianças em nossos cursos infantis, com modelos que desejam adquirir técnicas de trabalho e melhorar a desenvoltura. Também preparamos mulheres de todas as idades que buscam aumentar a autoestima, que querem sentir-se mais seguras em eventos sociais e profissionais. Os cursos são disponibilizados duas vezes ao ano. Os  workshops abordam temas como: "Como sair bem na foto?", " Vida de modelo" e " A diferença das Mulheres de Salto Alto".